"Usufrua o amor e a culinária com abandono total"
Dalai Lama

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Geleia de Maçã e Alfazema



Sim. Esta foi mesmo criada, ali, à pressão, em cima do joelho. Muito especial!!
(OK, foi por acaso...)

Não é uma geleia qualquer :p ... A geleia de maçã pode ser feita durante todo o ano, visto termos sempre maçãs à disposição, mas é também a mais simples de todas - é a geleia básica sobre a qual trabalhamos para obter outras. No post anterior sugeri que guardassem a água da cozedura da maçã, lembram-se? Mas esta levou um twist... "Então foi assim":

Ando a fazer caminhada (ou melhor, "marcha activa", que é mais técnico e soa melhor) e numa das minhas incursões passei por um jardim novo, mesmo à entrada de Alcochete, de quem vem de S. Francisco, estão a ver? É aquele. Pois, é esse, sim!! Exactamente. Bem, lá vinha eu, língua de fora depois de ter ido até à ponte (e voltado - porque é que nos esquecemos sempre que temos de fazer o percurso DE VOLTA, porquê?), e senti, nesse tal jardim, um cheirinho de alfazema. Esqueci-me logo das dores e fui perder-me naquele cheirinho bom.

A alfazema é dos abustos mais bonitos, redondinho, e as flores azuis, delicadas, em cacho, têm uma fragrância deliciosa, fresca... uma maravilha!

Trouxe algumas florinhas, pu-las em água no parapeito da cozinha, e enquanto fervia a geleia... o cheiro, aquela mistura de aromas, era fantástico. Não resisti: peguei na alfazema e mergulhei as flores no tacho. E fui mergulhando, testando sempre para encontrar aquele ponto em que os sabores se equilibram, se completam, sem sobreposição. No caso desta geleia, o mais correcto seria, aliás, dizer que é uma geleia de maçã com perfume de alfazema.

Ainda não imprimi os rótulos, por isso posso mudar o nome. Diz aqui o meu colaborador que está bem assim. Assim, ou de outra maneira, o que eu sei é que ficou muito boa.
Boa o suficiente para a partilhar com vocês :)

Já agora... para a geleia costumo adicionar a quantidade de açúcar equivalente a 80% do líquido. Depois é deixar ferver até à consistência desejada... no final retiro a espuma que se acumulou e passo tudo para frascos, com a ajuda de um funil de boca larga. Podem perfeitamente comprar um funil normal e cortarem a base à medida. É fácil, é barato - infelizmente não dá milhoes, mas nem tudo pode ser perfeito... Tapar, só quando a geleia está arrefecida. O açúcar é um dos melhores conservantes, e de qualquer forma a geleia é para ser consumida a médio prazo. Guarda-se na despensa, no escurinho :)

2 comentários:

  1. um ficou com uma cara boa!!!!Mas queria as quantidades...pra podr fazer por aqui...
    Grata!

    ResponderEliminar
  2. Fácil:
    * meio litro de água
    * cascas e caroços de maçãs (4 ou 5, ou mais - quantas mais forem, maior será a percentagem de pectina, e isso faz reduzir o tempo de cozedura).
    * Cozer as cascas na água e deixar escorrer durante umas horas. Reponha o líquido de forma a que fiquem novamente 500 ml.
    * 400 gr açúcar

    Ferver a água com o açúcar, talvez 15 a 20 minutos, sempre vigiando.

    ResponderEliminar